do Ingresso na Congregação

 

 

O que muda para um cristão em ser um Congregado Mariano


Ser um Congregado mariano é dar radicalidade ao Batismo.

A finalidade das CCMM. é a formação de perfeitos católicos, íntegros, firmes e intrépidos, que lutem pela glória de Deus e de sua Santíssima Mãe e pela salvação das almas. Este único fim se concretiza em três finalidades: santificação pessoal, apostolado e defesa da Igreja.

Os três são fins essenciais porque se faltar algum deles não existiria Congregação Mariana; pois se diz que a santificação pessoal é fim essencial primário e os outros dois são fins essenciais secundários para sublinhar a primazia do espiritual sobre a vida apostólica puramente externa, já que o apostolado deve brotar espontâneamente de uma intensa vida interior.

A santidade do congregado consiste, fundamentalmente, em três coisas: a conservação valorosa e constante da vida da Graça em nossas almas, a aquisição das virtudes cristãs e a imitação da Santíssima Virgem e de seu Filho Jesus Cristo até o heroísmo.

As defesas que propõem as Regras (RV) para vida interior são: A fuga das ocasiões de pecado, a vitória sobre o respeito humano para que nos mostremos sempre em público como católicos e a direção espiritual como busca apaixonada da vontade de Deus.

Nosso apostolado deve reunir as seguintes condições para cumprir o fim apostólico da Congregação: trabalhar com grande empenho, fazê-lo conforme as exigências de nossa situação social, procurar fazer o maior bem possível no lugar de nos conformar com qualquer bem e exercitar o apostolado tanto corporativa como individualmente.

Resumidamente, ser um Congregado é viver o Batismo, tendo o Manto da Virgem Maria sobre os ombros, um sinal de proteção materna e pertença e serviço à Senhora Mãe de Deus.

0
0
0
s2sdefault